Aqui você pode pesquisar e adaptar planos já existentes

 


Poliedros e corpos redondos

Publicado por 
novaescola
Objetivo(s) 

- Classificar objetos a partir de critérios próprios ou preestabelecidos.
- Classificar sólidos geométricos em poliedros e corpos redondos.

Conteúdo(s) 

Classificação de formas espaciais em poliedros ou corpos redondos.

 

Ano(s) 
Tempo estimado 
Quatro aulas.
Material necessário 

Peças do bloco lógico, papel pardo, tinta guache, pincel, sólidos geométricos (cubos, esfera, cone, pirâmides etc.), moldes de poliedros e corpos redondos, tesoura e cola.

Desenvolvimento 
1ª etapa 

Organize as carteiras da sala em disposição retangular e, no centro, arrume sobre algumas as peças do bloco lógico. Convide um aluno para distribuí-las em grupos. Para isso, ele deverá escolher um critério de separação, mas não deverá informar sua decisão à turma. No momento em que terminar sua ação, a garotada será convocada a descobrir o critério utilizado. Repita essa estratégia até que vários critérios sejam usados, como cor, tamanho e forma. Ao fim desse processo, explique aos alunos que estamos fazendo classificações e que, mesmo sem perceber, utilizamos um critério para isso. Dê exemplos: "Separamos os livros escolares de acordo com o dia da semana e com o horário de aulas"; "Geralmente guardamos separadamente garfos, facas e colheres, pois isso facilita nossa vida no momento em que precisamos apanhá-los"; etc.

Flexibilização para deficiência física (cadeirante com pouca mobilidade de membros superiores)
Escolha um lugar para o aluno que favoreça sua participação, próximo a colegas mais colaboradores e com acesso fácil para que você o auxilie.

2ª etapa 

Com a turma organizada em disposição retangular, coloque os sólidos (cubos, pirâmides, esfera, cone etc.) sobre uma mesa e fixe no quadro duas folhas de papel pardo. Convide um aluno para escolher um sólido e fazer uma previsão da quantidade e da forma dos carimbos da figura geométrica que ele escolheu (podem ser compostos quadrados, triângulos ou círculos, por exemplo). Ele deve comunicar essa previsão à turma, passar tinta guache em toda parte externa do sólido escolhido e realizar os carimbos na folha de papel para comparar com sua previsão inicial. Quando todos os sólidos forem carimbados, proponha uma discussão determinando uma maneira de distribuir os carimbos e seus respectivos sólidos em dois grupos. Chame atenção parao fato de que eles devem observar tanto os sólidos quanto o contorno das marcas deixadas pelos carimbos. Em um dos grupos ficarão os sólidos com os carimbos que só deixaram contornos retos, e no outro ficarão os que deixaram contornos arredondados e "linhas". Mesmo que os alunos não utilizem a nomenclatura apropriada, é provável que cheguem à conclusão de que há alguns sólidos que:
- Carimbaram o papel deixando a marca de um círculo ou de um "pedaço de reta" (isso só ocorre com cones e cilindros).
- Apenas a esfera carimbou o papel com um ponto.
- Os demais objetos carimbaram o papel, deixando a marca de regiões com "lados retos" (regiões poligonais). Esses são os poliedros. Na finalização desta etapa, informe à garotada o nome dos objetos: a esfera, o cilindro e o cone são denominados corpos redondos; os demais são poliedros.

Flexibilização para deficiência física (cadeirante com pouca mobilidade de membros superiores)
Auxilie o aluno com deficiência física a chegar ao quadro e, se necessário, carimbe junto com ele. Se avaliar que é mais adequado adaptar o material, ofereça uma mesma folha para ele carimbar sobre a carteira ou prancha adaptada. Convide-o a participar das discussões, faça perguntas dirigidas ou peça que opine ou retome sobre a colocação de um colega.

3ª etapa 

Organize grupos de quatro alunos e distribua moldes de diferentes poliedros e corpos redondos (sem estarem identificados com seus nomes). Peça aos alunos que observem o molde recebido, decidam se ele é a planificação de um poliedro ou de um corpo redondo e registrem essa decisão. Assim que os alunos identificarem suas planificações, solicite que pintem de vermelho as que representam poliedros e de azul as que representam corpos redondos. Depois, diga que recortem e montem os sólidos. Percorra os grupos para observar se as crianças identificam os dois grupos de sólidos na forma planificada. Na finalização desta etapa, organize uma discussão com todo o grupo para que os alunos expressem que os elementos existentes nas planificações garantem a diferenciação de poliedros e corpos redondos. Eles podem justificar, por exemplo, que nos moldes de corpos redondos há "curvas", enquanto nos de poliedros, não.

Flexibilização para deficiência física (cadeirante com pouca mobilidade de membros superiores) 
Substitua a pintura da planificação por um X em vermelho e em azul, ou apenas solicite ao estudante a separação entre ambas.

Avaliação 

A partir do reconhecimento de que é possível classificar as formas espaciais, os alunos ficam curiosos e costumam citar objetos que fazem parte do seu dia a dia para saber se é um poliedro ou um corpo redondo. Aproveite para levar o aluno a concluir a que
grupo de sólidos o exemplo que ele citou faz parte. Você pode sugerir, por exemplo, para ele imaginar como seriam os carimbos desse sólido, pois esse tipo de trabalho colabora para aumentar a proficiência dos alunos no desenvolvimento da visão espacial.

Flexibilização para deficiência física (cadeirante com pouca mobilidade de membros superiores)
Planeje com o AEE outras atividades que explorem esses conceitos. Há jogos no computador que são bem estimulantes e de acesso fácil.

Flexibilização 

Cadeirante com pouca mobilidade de membros superiores

Amplie os objetivos propondo aquisições básicas para cada atividade. Faça adequações quanto aos recursos de apoio para realização das propostas. E estimule a colaboração dos colegas.

Deficiências 
Física
Autor Nova Escola
Créditos:
Andréia Silva Brito,
Formação:
da EEEFM Carlos Drumond de Andrade em Presidente Médici, a 412 quilômetros de Porto Velho.

COMPARTILHAR

Alguma dúvida? Clique aqui.