Aqui você pode pesquisar e adaptar planos já existentes

 


Pesquisa de campo no zoológico

Publicado por 
novaescola
Objetivo(s) 

- Participar de situações investigativas por meio da observação e do questionamento.
- Comparar informações anteriores com as adquiridas pela investigação.
- Registrar por meio de desenho e escrita as informações obtidas.
- Investigar onde vivem e do que se alimentam os animais.

Conteúdo(s) 

- Investigação com fontes de informação.
- Registro de informações para consulta posterior.
- Alimentação, hábitos e modo de vida dos animais.

Ano(s) 
Creche
Pré-escola
Tempo estimado 
1 mês.
Material necessário 

Prancheta para todos, papel, lápis pretos e gravador.

Desenvolvimento 
1ª etapa 

Antes da visita, introduza a pesquisa de campo como uma oportunidade que as crianças terão de obter respostas às questões que ainda não foram esclarecidas. Antecipe que elas poderão observar os hábitos, a alimentação e o modo de vida dos animais estudados no local. Explique que entrevistarão um especialista e devem fazer previamente o roteiro de perguntas. Oriente-as a evitar as questões que podem ser facilmente respondidas pela observação. Atue como escriba, ajudando-as a verificar se o roteiro está coerente - se fica claro o que se quer saber e se há relação com as dúvidas apontadas pela pesquisa - e defina quem fará cada pergunta. Se possível, grave a entrevista. Discuta com os pequenos o que são desenhos de observação, o uso que é feito deles e o que precisa ser registrado. Informe que você entregará pranchetas e lápis para que tomem notas e façam seus desenhos de observação em campo.

2ª etapa 

Durante a visita, estimule-os a observar os animais estudados e buscar respostas às questões da pesquisa. "Posso ter um leão em casa?" e "como os bichos vieram parar aqui?" são algumas das questões que podem aparecer naturalmente. Aproveite para dizer que a leitura das fichas técnicas dos animais pode esclarecer as dúvidas. Leia as fichas para eles, frisando as partes que trazem informações de interesse do grupo. Realize a entrevista em um local silencioso, onde todos possam escutar o que é dito. Lembre-os de quem fará cada pergunta e quem irá cuidar do gravador - caso a conversa seja gravada. Se não usarem esse recurso, anote as respostas para consulta posterior. Peça que iniciem com as perguntas do roteiro e depois abra espaço para novas questões.

3ª etapa 

Após a visita, analisem em conjunto os dados obtidos para que as descobertas sejam incorporadas à pesquisa. Ouça com as crianças a entrevista ou recupere as anotações para verificar quais questões foram respondidas. Registre no roteiro. Circule os desenhos de observação pela sala para que verifiquem se eles acrescentam informações. Analisem quais respostas não foram encontradas e planeje situações de leitura em que possam ter mais informações para o trabalho.

Avaliação 

Observe o empenho das crianças em investigar os animais estudados e realizar os desenhos de observação: houve interesse pelas informações presentes nas fichas técnicas e pelos dados apresentados pelo especialista? Avalie se a visita permitiu que elas aprofundassem o estudo.

Flexibilização 

Procure levar a turma a um lugar acessível para a criança com deficiência visual (com sinalização em braile, piso tátil, corrimões e rampas que facilitem a locomoção dos pequenos). Mesmo que ainda não saiba ler, é importante que a criança tenha contato com o sistema braile. Leia todos os textos em voz alta e ajude o pequeno com a gravação da entrevista feita pelo grupo. Peça para que a criança desenhe, em casa, o que compreendeu (pode-se usar cola de relevo ou propor uma colagem com diferentes materiais táteis). Os colegas ajudam a descrever o passeio e os animais para a criança cega. Providenciar imagens dos animais em relevo e mostrar previamente para a criança também colabora para que ela aproveite mais o trabalho de campo.

Deficiências 
Visual
Créditos:
Maria Slemenson
Formação:
Assistente de coordenação pedagógica da Fundação Victor Civita (FVC).
Autor Nova Escola

COMPARTILHAR

Alguma dúvida? Clique aqui.