Aqui você pode pesquisar e adaptar planos já existentes

 


Organização social e os modos de vida dos ancestrais do homem

Publicado por 
novaescola
Objetivo(s) 

Entender a organização social e os modos de vida dos ancestrais do homem

Conteúdo(s) 

 

 

Ano(s) 
Material necessário 

Reportagem da Veja

 

Desenvolvimento 
1ª etapa 

Introdução

"Parece que a disputa pelo cabrito que lhe serviu de almoço no dia anterior ia acabar de modo trágico: doíam-lhe as costas, ferida pelas armas dos inimigos. O frio tornava mais dolorosas as juntas, e as pernas já lhe dificultavam há algum tempo as caçadas. A provisão de cereais acabara e já não sobravam forças para conseguir mais alimento. Nada lhe restava a não ser esperar a morte, na solidão da neve dos Alpes". Essa é apenas uma das possíveis histórias que explicariam os últimos momentos do Homem do Gelo. Ao costurar a rede de descobertas científicas em torno da vida desse nosso ancestral, VEJA nos transporta para o misterioso mundo da Pré-História. Somos levados, inevitavelmente, a especular sobre as mais diversas possibilidades ¿ algumas até absurdas, como indica a reportagem. O que estaria aquele ser fazendo num local tão inóspito? Como estaria o resto do mundo enquanto ele lutava ferozmente pela sobrevivência? Convide os adolescentes a exercitar a investigação e a imaginação.

Mostre que o Homem do Gelo ocupava um estágio de desenvolvimento inferior ao de grupamentos humanos de várias outras partes. Após a leitura do texto, elabore o roteiro de uma viagem virtual pelo mundo daquela época ¿ como o aqui apresentado ¿ para que a turma possa comparar o personagem de VEJA com os de outras comunidades, observando ferramentas, roupas, alimentação, atividades econômicas etc.

2ª etapa 

Organize a turma em equipes e sugira uma pesquisa sobre o tema: "Um dia na vida de um homem pré-histórico." Recomende a consulta a livros, enciclopédias e sites na internet. Após essa primeira etapa, oriente a sistematização de dados e a produção de painéis e cartazes visando uma exposição oral para os colegas. Proponha um estudo sobre a arte rupestre produzida no entorno do local onde foi encontrado Ötzi, o Homem do Gelo. Sabemos que há diversas pinturas em cavernas espanholas, italianas e francesas. Analise as técnicas de produção e os motivos representados.

3ª etapa 

Instigue os alunos a refletir sobre a relação entre ritos religiosos e a agricultura de 5.300 anos atrás. VEJA menciona alguns alimentos achados no estômago de Ötzi: carne de cabrito e cereais. Essa informação permite supor que na região já havia um razoável desenvolvimento das técnicas de cultivo. Para que isso ocorresse, no entanto, era necessário organizar a vida de uma comunidade e passar a controlar o tempo cronológico: preparar a terra, plantar, observar o crescimento da lavoura e, enfim, colher. Os resultados do processo de plantio acabaram reforçando a noção de sagrado, sobrenatural. Encomende um texto dissertativo sobre essa relação.

Lembre que a caça era um elemento fundamental para a sobrevivência na região dos Alpes e o conhecimento dos metais era útil para o abate de animais. Peça que a classe investigue outros instrumentos do homem da época, além dos já citados na revista e, com os resultados obtidos, crie cartazes com textos descritivos. Solicite que cada grupo construa um utensílio valendo-se do menor número possível de ferramentas.

4ª etapa 

Utilize a lista de absurdos divulgados sobre o Homem do Gelo e promova um debate. Proponha de início que a classe busque nos meios de comunicação as notícias que não passaram de boatos. Confronte essas versões com as afirmações científicas trazidas por VEJA.

Completada essa fase, apresente o quadro da reportagem de VEJA que examina o instrumental da Idade do Cobre. Levante a discussão sobre a tecnologia já utilizada na confecção dos utensílios, o que demonstra grande organização, como o conhecimento, ainda que rudimentar, de técnicas para não perder calor corpóreo, de trabalhar os metais etc.

Avaliação 

Em vez de simplesmente destruir a vida, como na caça e na coleta, a agricultura obrigou nossos antepassados a desenvolver recursos para reproduzi-la. Observando o crescimento das plantas, eles descobriram as melhores épocas para semear e as formas adequadas de cultivo. O ciclo vital das plantas estabeleceu estreita relação entre o agricultor e o solo. A fertilidade do solo, associada à da mulher, virou mistério religioso: a Mãe-Terra.

Peça que os alunos investiguem as origens da agricultura e da domesticação de animais. Apresente o mapa-múndi acima como subsídio. Então, sugira que todos identifiquem em cada continente os principais produtos agrícolas e os animais tirados do estado selvagem. Exponha as conclusões para o conjunto da turma por meio de um amplo painel.

Para saber mais

Notícias da Pré-História
Por volta de 3300 a.C., época em que Ötzi viveu, a humanidade estava prestes a iniciar a própria História. A escrita aparecia no Egito, o arroz já alimentava o povo chinês nas primeiras lavouras e, na América, os animais não eram cobiçados apenas nas pinturas rupestres, mas já se encontravam domesticados. Mostre isso tudo aos alunos.

Continente americano
Devido à vastidão da região, as comunidades mais desenvolvidas concentraram-se no sul da América do Norte, na América Central e no centro-norte da América do Sul. Já havia animais domesticados e a agricultura era bastante desenvolvida.

Egito (nordeste da África)
A população do Egito antigo concentrava-se na região do Vale do Nilo. Por causa da diminuição das chuvas e da desertificação do local, manter-se próximo ao rio era a melhor opção de sobrevivência. Enchentes ocorriam regularmente, mas os habitantes já sabiam se beneficiar desse evento e desenvolveram uma agricultura e pecuária para abastecem os primeiros nomos (divisões territoriais típicas da região). O poder político dos povos dividiam-se ainda em dois reinos: o do Alto Egito, concentrado no Vale do Nilo, e o Baixo Egito, situado no delta do rio. Faltavam ainda cerca de 300 anos para que os dois reinos se unissem para formar o país dos faraós.

Índia (Ásia Oriental)
Tal qual as comunidades das demais regiões, os primeiros povoados da Índia viviam nas proximidades dos vales dos rios Indo e Ganges, especialmente no entorno do primeiro.

Mesopotâmia (Oriente Médio)
As primeiras cidades-Estado, formadas por volta de 4000 a.C. começaram a obter os resultados do controle das águas: a produção agrícola aumentou e a população cresceu. Já existiam ferramentas aperfeiçoadas e o artesanato ampliou-se. Na Suméria, ao sul da Mesopotâmia, formou-se uma sociedade mais complexa.

China (Extremo Oriente)
Nas planícies em torno dos rios Amarelo e Azul, já se espalhavam aldeias, favorecidas pelos canais de irrigação que as populações construíram. Com isso, a água podia ser aproveitada para o desenvolvimento da agricultura, o que proporcionava de duas a três colheitas anuais. Somente 12 séculos mais tarde, por volta de 2100 a.C., surgiria o primeiro império chinês, o da Dinastia Chang.

 

 

 

Autor Nova Escola
Créditos:
Marco Antonio Villa
Formação:
Professor de História da Universidade Federal de São Carlos (SP)

COMPARTILHAR

Alguma dúvida? Clique aqui.