Aqui você pode pesquisar e adaptar planos já existentes

 


O inglês do dia a dia na internet

Publicado por 
novaescola
Objetivo(s) 

- Refletir sobre a influência da internet e de outros meios de comunicação na língua inglesa
- Enriquecer o repertório dos alunos com expressões e abreviações utilizadas em ferramentas de comunicação na internet como redes sociais, blogs, jogos online e salas de bate papo

Conteúdo(s) 

- Vocabulário: expressões, abreviações e gírias utilizadas por falantes de língua inglesa

 

Ano(s) 
Tempo estimado 
Cinco aulas
Material necessário 

- Cópias da reportagem "A marca da maldade" da revista VEJA (edição 2265, de 18 de abril de 2012)
- Acesso à internet
- Câmeras ou computadores com webcam para filmagem do videolog

Este plano de aula está ligado à seguinte reportagem de VEJA:

Desenvolvimento 
1ª etapa 

Introdução
Embora o curso de inglês normalmente não contemple gírias ou expressões usadas no cotidiano, a língua é um objeto de estudo que muda constantemente. Todos os dias, expressões, palavras e abreviações são criadas, passam a fazer parte do universo de quem fala o idioma e são compartilhadas mundo afora através da internet, músicas, filmes e programas de TV.

Entregue as cópias da reportagem de Mariana Amaro publicada na revista Veja e faça uma leitura coletiva. Escreva na lousa a palavra cyberbullying, pergunte o que significa e como ela se relaciona ao texto. Lembre aos alunos de que esta é uma derivação da palavra bullying, incorporada recentemente ao repertório da Língua Portuguesa. Leia com eles o quadro "Primeiras Letras" que está na reportagem e elenca algumas expressões, abreviações e ícones usados no mundo virtual.

Descubra o que a turma já sabe perguntando se conhecem ou usam outras expressões, abreviações ou acrônimos (palavras formadas pela inicial ou por mais de uma letra de segmentos sucessivos de uma locução), em português ou em inglês, quando escrevem nas redes sociais, jogam online ou conversam por SMS. Anote as expressões na lousa.

Comente que a língua é viva e muda constantemente para suprir necessidades de comunicação. Ressalte seu dinamismo explicando como os termos surgem a partir de situações comunicativas reais. Pergunte aos alunos se sentem que cada vez usamos mais palavras que surgiram na internet e questione se é importante aprendermos expressões em inglês e por quê.

Peça que  leiam o diálogo abaixo entre dois personagens, Linda e Joe:

 

tabela

 

Depois proponha que reescrevam a tabela substituindo os acrônimos e as abreviações por palavras e expressões menos coloquiais e faça uma correção coletiva do diálogo na lousa.

2ª etapa 

Explique aos alunos que vlog é uma expressão usada para designar os videologs, blogs que usam vídeos em vez de textos escritos. Neles, pessoas comuns discorrem sobre assuntos de interesse pessoal, opinam ou fazem paródias de notícias e acontecimentos recentes.

Passe para a turma assistir o vídeo"The Rundown of Everything that Really Matters" (durante o  intervalo: 1:33 - 3:10). E proponha que respondam as seguintes questões em inglês:

a) In your opinion, what age group watches this Vlog? Justify your answer.
b) What is the main subject Lily and Sarah talk about? How do they feel about slangs their parents used in the 80´s?
c) How do you feel about the slangs your parents used when they were younger? 


Chame a atenção para a maneira como as meninas encaram as gírias que seus pais usavam nos anos 80 e como a língua muda constantemente. Convide os alunos a socializarem as suas respostas. Coloque o vídeo novamente e peça para que identifiquem as expressões faladas pelas personagens: BTW, totes, awes, obvi, heart, jell-y, natch, tubular, grody e phych. Socialize mais uma vez as respostas e tire dúvidas comentando as expressões menos conhecidas.

3ª etapa 

Apresente a proposta do produto final que será avaliado. Em grupos, os alunos deverão criar um episódio para um videolog da sala, que será postado no Youtube. Compartilhe os critérios de avaliação do episódio, explicando que cada grupo deverá discorrer sobre um assunto do cotidiano ou sobre uma questão de interesse para quem está na mesma faixa etária que eles. O videolog deverá conter gírias, expressões ou abreviações apresentadas em sala. Se não houver câmeras à disposição, os grupos podem se preparar para encenar o que prepararam. 

Peça a elaboração de um roteiro do episódio, que deverá incluir o tema, as diferentes partes do vídeo e os diálogos com os termos que serão utilizados.

4ª etapa 

Filmagem dos videologs ou apresentação das cenas para o restante da turma.
Se houver câmeras disponíveis, peça para que os alunos filmem e salvem o episódio em um computador. Depois de avaliar, poste os vídeos no Youtube. Se quiser, crie um canal para a classe e divulgue na escola.

Avaliação 

Em grupos, os alunos deverão criar um episódio para um videolog (vlog). Cada um deverá discorrer sobre um assunto do cotidiano ou uma questão de interesse da turma. A produção deverá conter gírias, expressões ou abreviações apresentadas em sala.

Autor Nova Escola
Créditos:
Verônica Bochio
Formação:
professora de inglês da Target Idiomas

COMPARTILHAR

Alguma dúvida? Clique aqui.