Aqui você pode pesquisar e adaptar planos já existentes

 


Localização de um ponto no plano

Publicado por 
novaescola
Objetivo(s) 

Identificar a localização de objetos numa malha quadriculada, coordenando as informações de dois eixos (linhas e colunas) para determinar a localização de um ponto. 

Conteúdo(s) 

Introdução ao plano cartesiano: localização de um ponto ou objeto na malha quadriculada (tabuleiro de xadrez ou mapa).

 

 

Ano(s) 
Tempo estimado 
4 aulas
Material necessário 
  • Tabuleiro de xadrez (um por dupla);
  • sucata que funcione como peças;
  • malha quadriculada;
  • régua;
  • lápis de cor;
  • mapas de alguma região escolhida.
Desenvolvimento 
1ª etapa 

Apresente um tabuleiro de xadrez aos alunos, reunidos em duplas, e peça que observem que as colunas são identificadas com letras e que cada linha é identificada por um número. Peça que localizem, por exemplo, a casa A/7 deslizando os dedos no tabuleiro.

 

Ilustração Erika Onodera
Ilustração Erika Onodera  
2ª etapa 
Organize um jogo do tipo batalha naval. Cada dupla coloca um número de peças do xadrez no seu tabuleiro sem que a oponente veja. As duplas devem adivinhar em quais quadrados estão as peças dos adversários. Entregue para ambas uma malha quadriculada, representando o tabuleiro dos oponentes, para que façam as marcações. Na sua vez, cada dupla procura adivinhar em que quadrado a oponente colocou cada peça. Para isso, anuncia o ponto, indicando as coordenadas - letra correspondente à coluna e o número correspondente à linha - que definem a posição de cada quadrado. Exemplo: B/2. Em seguida, a dupla adversária informa se alguma peça ocupa aquela posição e diz qual é. A dupla que fez a jogada marca o resultado na malha: se houver uma peça no quadrado, coloca uma marca colorida. Se não, faz um X. 
3ª etapa 
Utilize um mapa da cidade ou algum outro desenhado para esse fim numa folha quadriculada com letras e números nos eixos x e y. Organize grupos de quatro e entregue a eles uma cópia. Proponha que, com base nas coordenadas fornecidas por você, localizem e marquem no mapa um determinado local (podem ser pontos marcantes da cidade, como a praça, a catedral etc.). Por exemplo: C/13, que mostra a rua da escola. 

 

4ª etapa 

Proponha uma variação da atividade pedindo que as duplas se revezem na tarefa de dar um comando para localização de um ponto. Varie, sugerindo indicar o lugar de um estudante na classe, determinada poltrona na foto da plateia de um teatro, objetos em uma cena etc., sempre com base em coordenadas.

 

Avaliação 

Entregue para cada criança um mapa indicando a posição inicial e final de um personagem. Proponha que o movimentem de um ponto ao outro cumprindo a menor distância possível. Peça que todos anotem as coordenadas para a comparação com o percurso dos colegas. Observe todos atentamente. Verifique se, ao comando de localização de linhas e colunas, eles apresentam dificuldades somente no início da atividade ou durante todo o tempo. Dependendo do resultado, retome o conteúdo. Abra um espaço para que as discussões realizadas sejam socializadas no grande grupo.

 

Flexibilização 

1ª etapa

Flexibilização de recursos 
Monte um tabuleiro adaptado.  Marque os limites com um cordão e faça as casas brancas e pretas com textura diferente. Assim, a criança pode contar as linhas e as colunas. 

 

2ª etapa 

Flexibilização de recursos
O aluno cego indica em que casa do adversário acha que está cada peça, revezando-se com o colega. Para o registro, providencie uma folha quadriculada com cola de alto-relevo.  

 

Flexibilização de tempo
Caso ele necessite de mais exercícios, trabalhe as coordenadas verticais e horizontais separadamente. Forme uma dupla com ele ou junte-o a um colega que também necessite do exercício.  

 

3ª etapa 

Flexibilização de recursos

Providencie um mapa quadriculado em alto-relevo e com os pontos principais marcados da mesma forma para que ele possa, com os colegas de equipe, identificar a localização pedida.

 

Flexibilização de tempo
Antecipe com a sala de recursos o exercício da noção espacial.

 

Deficiências 
Múltipla
Autor Nova Escola
Créditos:
Andréia Silva Brito
Formação:
Professora da EEEFM Carlos Drumond de Andrade, em Presidente Médici, RO
Créditos:
Fátima Rosane Dias Azambuja
Formação:
Professora da EEEM Senador Salgado Filho, em Alvorada, RS.

COMPARTILHAR

Alguma dúvida? Clique aqui.