Aqui você pode pesquisar e adaptar planos já existentes

 


Leitura de parlendas na alfabetização inicial

Publicado por 
novaescola
Objetivo(s) 
  • Ler textos conhecidos de memória, ajustando o oral ao escrito.
  • Construir conhecimentos sobre o funcionamento do sistema de escrita alfabético.

 

Conteúdo(s) 
  • Leitura

 

Ano(s) 
Tempo estimado 
Um mês
Material necessário 
  • Livro Salada, Saladinha (Maria José da Nóbrega e Rose Pamplona, 56 págs., Ed. Moderna, tel. 0800-17-2002, 20 reais), cartolinas e lápis de cor.
Desenvolvimento 
1ª etapa 

Selecione parlendas diversas, inclusive as que os alunos já conhecem. Escreva cada uma delas em cartazes para apresentá-las ao grupo e organize um momento para brincar com elas. Assegure-se de que as crianças consigam recitar os textos coletiva e individualmente.

2ª etapa 

Apresente o livro Salada Saladinha e proponha a publicação de uma coletânea de parlendas organizada pela turma. Oriente os alunos a decidir aspectos como "quem serão os leitores". Em grupos, eles devem manusear o livro para observar como ele é organizado. 

3ª etapa 
Produza com a classe uma lista com o nome das parlendas conhecidas e proponha que selecionem as que vão compor a coletânea. Liste as tarefas que devem ser cumpridas para a organização da publicação, como a seleção de textos e a elaboração da dedicatória, das ilustrações e da capa, definindo o prazo para o lançamento.

 

4ª etapa 

Distribua para cada dupla cópias de parlendas escritas em letra bastão, misturando um texto selecionado a outros do mesmo gênero que não foram escolhidos para o livro. Nenhum deles deve conter o título, para que os alunos tenham de fazer a leitura do texto inteiro a fim de identificá-los. Para selecionar o o que entregar a cada dupla, atente-se para as características quantitativas e qualitativas das parlendas. Observe o conjunto abaixo. A tarefa das crianças é localizar a parlenda Santa Luzia:

Texto I 
SANTA LUZIA
PASSOU POR AQUI
COM SEU CAVALINHO
COMENDO CAPIM
SANTA LUZIA
QUE TINHA TRÊS FILHAS:
UMA QUE FIAVA
UMA QUE TECIA
UMA QUE TIRAVA
O CISCO QUE HAVIA

Texto II 
SANTA CLARA CLAREOU,
SÃO DOMINGOS ALUMIOU.
VAI, CHUVA!
VEM, SOL!
VAI CHUVA!
VEM SOL!
PRA SECAR O MEU LENÇOL!

Texto III 
CORRE, RATINHO
QUE O GATO TEM FOME
CORRE, RATINHO
QUE O GATO TE COME

Entregar aos estudantes os textos I, II e III; ou os textos I e II, ou ainda os textos I e III, consiste em decisões didáticas que apresentam distintos problemas de leitura. Entre Corre Ratinho e Santa Luzia, há mais contrastes quantitativos e qualitativos do que entre Santa Luzia e Santa Clara Clareou, o que torna a tarefa mais desafiadora.

A leitura dos textos I, II e III pode colocar desafios para as crianças que já pensam nos aspectos quantitativos do sistema de escrita, enquanto a proposta com os textos I e III é desafiadora para quem está começando a considerá-los. O tamanho das parlendas, a quantidade de estrofes, as letras usadas e a existência ou não de termos repetidos nos textos são alguns dos índices a considerar ao planejar as sessões de leitura.

Como sabem o que está escrito, antecipar onde isso está escrito é a primeira estratégia usada pelos estudantes. Nessas sessões de leitura, a ação dos alunos será buscar ajustar as cadeias orais aos segmentos escritos. Não é óbvia para eles a relação entre o oral e o escrito, entre as partes e o todo. Desse modo, favoreça que possam colocar em jogo o que sabem sobre o sistema de escrita, mas passem a incluir, ao longo das sessões, novos aspectos não considerados inicialmente.

Garanta que todos justifiquem essas antecipações levando em conta as marcas gráficas do texto. Identificados os textos a ser publicados, recolha as parlendas não selecionadas, deixando com cada dupla a parlenda escolhida. Solicite que todos planejem e executem as ilustrações dos textos e da capa do livro.

 

5ª etapa 

Reúna as parlendas ilustradas e a capa, proponha a escrita da dedicatória e comunique à comunidade escolar o lançamento da coletânea.

Produto final
Coletânea de parlendas.

 

Avaliação 

Observe os progressos dos alunos em relação à construção do sistema de escrita e ao desenvolvimento de comportamentos leitores:

  • Os estudantes memorizaram e se divertiram com as parlendas?
  • Ampliaram o repertório de parlendas conhecidas?
  • Realizaram as tarefas de leitura, arriscando-se a antecipar o que estava escrito e verificando as antecipações, considerando as marcas gráficas e os índices quantitativos e qualitativos?
 
Flexibilização 

Reproduza esses cartazes em folha sulfite e encaminhe ao AEE para que o aluno tenha mais oportunidade de aproximação e memorização.

 
Deficiências 
Intelectual
Créditos:
Neurilene Martins
Formação:
Coordenadora pedagógica do Instituto Chapada de Educação e Pesquisa, em Caeté-Açu, BA.
Autor Nova Escola

COMPARTILHAR

Alguma dúvida? Clique aqui.