Aqui você pode pesquisar e adaptar planos já existentes

 


Estudando a paragrafação de verbetes enciclopédicos

Publicado por 
novaescola
Objetivo(s) 
  • Compreender que há critérios para a organização de um texto em parágrafos, mas que eles não são fixos, podendo variar de acordo com o estilo pessoal do produtor e com a intenção comunicativa.
Conteúdo(s) 
  • Paragrafação.

 

Ano(s) 
Tempo estimado 
1 aula.
Material necessário 
  • Verbetes enciclopédicos sobre animais, papel pardo.
Desenvolvimento 
1ª etapa 

Selecione dois verbetes para serem utilizados como referências. Transcreva o primeiro no papel pardo. Apresente-o aos alunos e, depois, leia-o com eles, estudando seus sentidos. Por exemplo: GIRAFA

Nome científico: Giraffa camelopardalis. 

As girafas podem ser encontradas em todo o território do centro e do sul do continente africano. Gosta de viver nas estepes e savanas, em amplos espaços, onde pode correr velozmente. Para se defender, só pode dar coices, que, apesar de serem mortais se acertarem em alguém ou algum animal, são difíceis de aplicar quando corre. O fato de ter de se agachar para conseguir beber água, faz com que a girafa seja vulnerável e então os seus predadores, os leões, não perdem a oportunidade. Por esse motivo, as girafas vivem em grupos familiares que podem ter até dez elementos e, desses, um dos adultos está sempre alerta enquanto os outros descansam, bebem água ou se alimentam - e eles têm um olfato e visão dignos do seu tamanho! Os longos pescoço e patas das girafas permitem que esses herbívoros comam as folhas das copas das árvores, inacessíveis a outros  animais. Uma girafa adulta pode medir 4 metros de comprimento, 6 metros de altura e pesar cerca de 1,2 mil quilos. O macho é significativamente maior e mais robusto que as fêmeas. O tempo de gestação ronda os 420 dias, nascendo uma única cria, que é     amamentada pela mãe. Ao resto do grupo, cabe o papel de proteger a cria dos predadores, e as pequenas girafas têm alguns, entre eles o leão e a hiena. Em seguida, solicite que indiquem o tipo de informação apresentada em cada parágrafo. Por exemplo:

  • Nome científico do animal.
  • Onde vive.
  • Estratégias de sobrevivência.
  • Alimentação.
  • Tamanho e peso.
  • Procriação.
2ª etapa 
Apresente e discuta com a turma a finalidade dos verbetes enciclopédicos: apresentar com texto e imagens animais, países e objetos, entre outros temas.
3ª etapa 
Tematize a organização do texto, retomando a finalidade dos verbetes e relacionando os critérios encontrados. Depois, reescreva o mesmo texto, agora com outra organização de parágrafos. Solicite que a garotada analise novamente o tipo de informação que cada parágrafo contém.
4ª etapa 
Debata a organização do texto, retomando a finalidade de um verbete encilopédico e relacione os critérios encontrados a essa finalidade.
5ª etapa 
Questione os alunos sobre a coerência entre os critérios e a finalidade de cada um deles. Levante a diferença entre os dois modos de paragrafar, salientando que um deles agrupa características segundo um critério que contém mais informações de naturezas semelhantes, enquanto outro, por exemplo, separa cada um dos tipos de informação sem agrupá-las.
6ª etapa 
Constate as diferentes possibilidades de organização de um verbete enciclopédico, desde que respeitada a coerência de critérios. Apresente, agora, o outro verbete, sem paragrafação alguma, e solicite aos estudantes que o leiam e estudem, em duplas.
7ª etapa 
Solicite aos alunos que indiquem no texto, com barras coloridas, onde separariam os parágrafos.
8ª etapa 
Transcreva o verbete sem paragrafação no papel pardo e analise os critérios e a coerência.
Avaliação 
Solicite a cada dupla que reescreva o verbete, paragrafando-o de acordo com critérios que selecionarem. Analise qual foi a apropriação de cada dupla, programando as retomadas necessárias.
Flexibilização 

Flexibilização para deficiência visual com baixa visão 

  • Escreva no quadro ou digite e imprima todos os textos a serem utilizados em fonte ampla, com espaços bem definidos ou ainda em contraste - obtenha informações sobre como fazê-lo com a família, o AEE ou ainda com os profissionais que atendem ao aluno. Busque informações sobre outros recursos necessários, como a lupa e o apoio de livros e de textos.
  • Oriente o estudante a acompanhar o texto na folha impressa se achar necessário. Fale em voz alta todas as informações e as referências usadas na apresentação escrita.
  • Responsabilize o aluno com baixa visão a ditar para o colega que formar dupla com ele.
  • Disponibilize mais tempo para o aluno trabalhar, a ponto de prorrogar a entrega caso seja necessário.
Deficiências 
Visual
Autor Nova Escola
Créditos:
Kátia Lomba Bräkling
Formação:
Especialista em ensino da Língua Portuguesa — da Alfabetização ao Ensino Médio — formadora de professores na área de ensino de língua e organização curricular, assessora e consultora na área de Ensino de Linguagem e de Reorganização Curricular (para escolas da rede pública e particular, assim como demais órgãos e instituições de Educação).

COMPARTILHAR

Alguma dúvida? Clique aqui.