Aqui você pode pesquisar e adaptar planos já existentes

 


Estados físicos

Publicado por 
novaescola
Conteúdo(s) 

Objetivos
Observar a transformação dos estados físicos da matéria.
Verificar como a temperatura influi nesse processo.

Tempo estimado
Três dias.

Material necessário
Termômetro comum, água, cartolina, caneta de ponta grossa, gelatina de vários sabores (cada uma rende cerca de dez porções), tigelas transparentes, colheres, jarras plásticas, copos descartáveis, geladeira e aquecedor portátil.

Desenvolvimento
1ª etapa
Comece pedindo à classe exemplos dos estados físicos da matéria. Que coisas do dia-a-dia são líquidas? E sólidas? Pergunte sobre o estado da gelatina, aproveitando para descobrir quem gosta dessa sobremesa e quem sabe como se faz. Escreva a receita em uma cartolina e tire cópias para facilitar a leitura passo a passo junto com as crianças.

2ª etapa
Divida a turma em grupos de cinco, cada um com uma tigela plástica transparente, uma colher, uma jarra com água fria e copos. É hora de analisar os ingredientes da gelatina. Qual é o estado da água fria? E o do pó? Permita que as crianças o provem e opinem sobre o gosto.

3ª etapa
Para demonstrar o estado gasoso, coloque água em uma tigela transparente e peça que os pequenos usem o termômetro para medir a temperatura. Ponha um aquecedor portátil no recipiente e deixe o termômetro dentro da água para mostrar a coluna vermelha subindo. Anote a medida. Possibilite que cada criança sinta as gotículas
de vapor na mão. Estimule o registro do processo em desenhos.

4ª etapa
Adicione água quente à tigela de cada grupo na proporção da receita. O que aconteceu com o pó? Estimule as crianças a terminar a gelatina sozinhas, seguindo as orientações. Quando acrescentarem a água fria, aproveite para explicar que ela acelera a transformação do líquido em sólido. Concluído o passo-a-passo, peça que tirem a temperatura novamente e marquem o valor. Deixe-os encher os copinhos e levá-los à geladeira.

5ª etapa
Termine a experiência com um "banquete" da sobremesa. Deixe uma gelatina fora da geladeira para que as crianças observem a volta ao estado líquido. Incentive que cada uma faça novos desenhos para documentar todo o processo.

Avaliação
Use as falas colhidas nas experiências e os desenhos para analisar o que as crianças aprenderam. Verifique especialmente se compreenderam que as mudanças de estado podem ocorrer em vários sentidos - por exemplo, do sólido para o líquido e vice-versa.

Autor Nova Escola
Créditos:
Luciana Hubner
Formação:
selecionadora do Prêmio Victor Civita Educador Nota 10
Créditos:
Nídia Aparecida de Moura Boeira
Formação:
da EM Professor Luiz Cavallon, em Campo Grande

COMPARTILHAR

Alguma dúvida? Clique aqui.