Aqui você pode pesquisar e adaptar planos já existentes

 


Ecossistema em crise

Publicado por 
novaescola
Objetivo(s) 

Estudar os efeitos da extinção da flora e da fauna no Brasil;
Entender a relação do homem com a natureza;
Compreender os impactos do desaparecimento de espécies na biodiversidade.

Conteúdo(s) 

Ecologia

 

Ano(s) 
Tempo estimado 
Duas aulas
Material necessário 
Desenvolvimento 
1ª etapa 

Introdução 

A reportagem "Uma espécie some a cada vinte minutos", publicada em VEJA, traz à tona a situação crítica da diversidade mundial. Aproveite a oportunidade para instigar seus alunos a refletirem sobre qual o papel direto e indireto do homem nessa situação. Questione quanto eles sabem sobre a importância de cada espécie na organização e manutenção do meio ambiente.

Depois de ler a reportagem de VEJA em sala, discuta com os alunos o conceito de extinção e suas consequências na diversidade ambiental. Comente que, como aparece na reportagem, existe um episódio do programa de televisão do biólogo Richard Rasmussen que se passa no Brasil. Nele, o apresentador mostra que o país possui seis biomas: Amazônia, Mata Atlântica, Cerrado, Caatinga, Pantanal e Pampa. Apresente aos alunos a figura abaixo.

 

Fonte: IBGE
Fonte: IBGE
 

Promova uma discussão sobre os biomas brasileiros, focando aspectos de localização e clima. Explique que as variações nesses dois fatores fazem com que cada região seja hábitat de determinadas espécies. (Se possível, planeje a aula em parceria com o professor de Geografia).

Discuta com a moçada os impactos do homem nos bioma. Aproveite para explicar as consequências das atividades antrópicas na extinção de espécies em biomas específicos. Cite, por exemplo, o desmatamento na Amazônia, causado principalmente pela pecuária e plantação de soja; e a quase total destruição da Mata Atlântica, ocasionada pelo extrativismo.

Ao final da aula, solicite que os alunos formulem um mapa conceitual sobre o que foi abordado na discussão.

2ª etapa 

Comece a aula conversando com os estudantes sobre a importância da conservação ambiental. Convide-os a assistir ovídeo de Sevem Suzuki, uma menina canadense que discursou na conferência das Nações Unidas no Rio de Janeiro no ano de 1992. 

Explique à moçada que a conferência tinha como objetivo principal buscar meios de conciliar o desenvolvimento socioeconômico com a conservação e proteção dos ecossistemas terrestres. Conte que nessa mesma conferência foi consagrado o conceito de desenvolvimento sustentável.

Quando terminar o filme, questione a turma o que se sentiram ao ver as cenas. Pergunte se, 18 anos depois da conferência, mudou a consciência ambiental mundial - ou se ainda é preciso uma maior conscientização da população a cerca dos recursos naturais e da importância de se preservar a fauna e a flora do planeta.

Converse com os alunos sobre quais atitudes sustentáveis (reciclar o lixo, evitar o desperdício de água, apagar as luzes durante o dia, etc.) podem ser incluídas no dia a dia, como forma de preservar o meio ambiente. Lembre-os de que os recursos naturais não são inesgotáveis.

Depois de conversa com os alunos, forneça material (cartolina, canetinhas, folhas de ofício) para que elaborem cartazes e panfletos sobre a importância da conservação do meio ambiente. Proponha que os estudantes se dividam em grupos para a atividade e preparem um primeiro rascunho do texto. Circule entre os grupos, analise as propostas e proponha as correções necessárias. Quando a turma terminar as versões finais do trabalho, sugira que os cartazes sejam fixados nos murais da escola para ampliar os conhecimentos dos colegas a respeito da conservação ambiental.

Avaliação 

Utilize para avaliação o mapa conceitual e os cartazes e panfletos feitos pelos alunos em aula. Avalie também a participação e o interesse dos mesmos durante as aulas.

Créditos:
Micheli Bordoli Amestoy
Créditos:
Cláudia Sirlene de Oliveira
Formação:
Centro de Ciências Naturais e Exatas – Universidade Federal de Santa Maria, RS
Autor Nova Escola

COMPARTILHAR

Alguma dúvida? Clique aqui.