Aqui você pode pesquisar e adaptar planos já existentes

 


Consolidar conceitos de preservação ambiental dentro e fora do espaço escolar

Publicado por 
novaescola
Objetivo(s) 

- Preservar os recursos naturais
- Possibilitar um desenvolvimento e interação social
- Consolidar conceitos de preservação ambiental dentro e fora do espaço escolar

Conteúdo(s) 

 

Ano(s) 
Tempo estimado 
3 meses a 1 ano
Desenvolvimento 
1ª etapa 

Forme equipes de quatro a cinco alunos e distribua a cada uma delas uma cartolina onde terão que desenhar ou escrever o que sabem a respeito do tema "Conservação do Ambiente". Estipular um tempo para que realizem o levantamento do conhecimento prévio. É preciso definir o que os estudantes já sabem e o que precisam saber. Em seguida abrir as descobertas dentro do grupo classe. Esse momento de discussão permite que os alunos partilhem seus conhecimentos entre si e com os professores, gerando mudanças de atitude em relação ao tema.

2ª etapa 

Contato com o problema

Sabemos que nosso planeta vem adoecendo a cada dia, aquecimento global, devastação de nossas florestas, poluição de nossas águas, falta de água... A destruição do meio ambiente é muito grave, pois significa a perda do controle climático da terra. Esse descontrole pode produzir inundações e secas, que provocam a morte de milhares de seres vivos. Muitos já ouviram falar de todos esses problemas e questionamos: "O que já fizemos para ajudar o meio ambiente?" Abrir a discussão em cada grupo para que os alunos possam relatar fatos ou experiências já vividas.

Promover fontes de pesquisa (sites, revistas, livros, reportagens...) para que cada grupo possa aprofundar e se atualizar frente aos problemas ambientais. Propor que os estudantes coletem, selecionem e organizem os dados obtidos na pesquisa.

Não podemos deixar de salientar para os nossos alunos que a exploração da natureza e utilização de seus recursos não são atos necessariamente destrutivos. O que os torna destrutivos ao meio é a maneira como é realizada, a relação entre a quantidade e o tempo efetivo em que ocorre é que gera o desequilíbrio.

 

Veja mais:

Internet
www.portaldomeioambiente.org.br 

www1.folha.uol.com.br/folha/ambiente

www1.folha.uol.com.br/folha/publifolha/ult10037u332314.shtml

Bibliografia
1001 Maneiras de Salvar o Planeta. Joanna Yarrow. Publifolha

 

3ª etapa 

Partindo para a ação
Pedir para que cada aluno faça um levantamento em sua casa, conversando com os adultos, para saber qual é o tipo de lixo mais produzido dentro de seu ambiente. O que mais desperdiçamos? Qual é a embalagem do produto que mais consumimos? Qual é o destino dessa embalagem? Ao longo de uma semana cada aluno realizará esse levantamento em sua casa. Em sala de aula, cada qual em sua equipe, colocará esses dados em uma tabela oferecida pelo professor (Tabela 1)* comparando-os com os dos demais componentes.

Tabela 1

 

ALUNO EMBALAGEM - PRODUTO QUANTIDADE DESTINO
       
       
       
       
       


Cada turma deverá transformar esses dados em uma tabela única dentro das respectivas séries. Apontando o que ficou em destaque dentro da série. Por exemplo: Nos 2º anos o tipo de embalagem mais utilizada ou desprezada foi a de potes plásticos de Danoninho.

A intenção em pensar "Qual é o lixo que mais produzimos?" é fazer com que todos se mobilizem para a sua reutilização, a sua reciclagem... Para isso perguntamos aos nossos estudantes: Qual é o tempo de decomposição desse material no meio ambiente (pesquisa prévia)? O que pode ser reaproveitado? Para quê? Elaborar um painel único onde todas as séries do Ensino Fundamental I (de 1º ao 5º ano) poderão "alimentar" com os dados descobertos e apontados na tabela em sala de aula. Nesse painel deverá constar uma nova tabela (Tabela 2)* que mostre primeiramente os itens que foram selecionadas de cada turma/série.

Tabela 2 

 

Turma/
Série
Embalagem/
Produto
Tempo
de decomposição
Reciclagem/ Reciclagem
5º anos Bandeja
de isopor (frios)
   1. Suporte para misturar tintas
      2. Disco de frações

 

4ª etapa 

Produto final 

A partir desse trabalho coletivo cada turma se dedicará para uma etapa específica de seu projeto. Nesse momento o professor deverá exercer o seu papel de mediador e ao mesmo tempo focar o trabalho de cada grupo para a chamada "Política dos 4 R", que consiste em praticar quatro ações que começam com a letra R: reutilizar, reciclar, reduzir e recuperar. Reutilizar determinados objetos que são considerados inúteis, dando-lhes novos usos.

- Reciclar os materiais.
- Separar o lixo em papéis, plásticos...
- Reduzir o consumo de mercadorias e energia.
- Recuperar objetos.
- Antes de comprar algo, de utilizar um aparelho elétrico, devemos pensar se realmente é necessário ou não.

Como sugestão:

A. Trabalhos por série
Oficina de Arte - Lixo que vira brinquedo


Propor a confecção de brinquedos ou jogos utilizando embalagens que foram apontadas na Tabela 1. Para construir um bilboquê você vai precisar de:

- 1 garrafa pet descartável;
- fita adesiva colorida (ou transparente);
- barbante;
- 1 folha de jornal ou revista;
- tesoura
- adesivos ou recortes para enfeitar.

Ver mais em: 

www2.uol.com.br/debate/1385/cidade/cidade23d.htm   
www.clicfilhos.com.br/site/display_materia.jsp?itulo=Lixo+que+vira+brinquedo

 

B. Trabalho englobando o Ensino Fundamental I - Conservação do nosso ambiente escolar

Para trabalhar a conservação do ambiente é necessário criar na escola um ambiente que envolva os professores de todas as disciplinas, alunos dos diferentes níveis e a comunidade.

Questionar: Qual é o lixo que produzimos em nossa sala de aula? E em nossa escola? Como podemos conservar o nosso ambiente escolar? Devemos iniciar esse trabalho focando cada turma a sua respectiva sala de aula. Será que ao final do dia deixamos a nossa classe como a encontramos ao chegarmos à escola? O que podemos fazer para melhorar? Essa observação direta e mobilização devem partir do entorno mais próximo do estudante (sala de aula) para o mais distante (banheiros, parques, refeitório...). Criar campanhas de conservação dentro da sala de aula. Para isso podemos criar equipes que a cada semana deverão "cuidar", informar, conscientizar os demais através de conversas, cartazes, ações... Todos os problemas descobertos e principalmente a solução que cada grupo (turma ou série) encontrou deverá fazer parte do painel apontado na etapa 3 e também divulgados por cada professor às demais séries. Uma vez conseguido sanar a conservação do ambiente da sala de aula, cada professor deverá ampliar o raio de ação de seus alunos de modo que cada equipe (turma/série) se responsabilize em divulgar às demais séries seu plano de ação.

Avaliação 

Observar a interação do aluno com o projeto. Verificar o desenvolvimento da ação positiva frente às propostas. Perceber a mobilização individual e coletiva para preservar e melhorar o seu entorno. Verificar se o aluno percebe que esse trabalho não se resume a uma iniciativa pontual. Observar se o painel criado reflete um posicionamento crítico em relação às propostas. Avaliar se o aluno, tendo realizado várias atividades em pequenos grupos de busca de informações em fontes variadas, é capaz de cooperar nas atividades de grupo e acompanhar as etapas do projeto.

Quer saber mais?

BIBLIOGRAFIA 
- Aprendendo Ciências - César Coll e Ana Teberosky
Uma verdade inconveniente - O que devemos saber (e fazer) sobre o Aquecimento Global, Al Gore.
- Joanna Yarrow, autora de 1001 Maneiras de Salvar o Planeta, da Publifolha
Parâmetros Curriculares Nacionais - Ciências - vol. 4

INTERNET
www.portaldomeioambiente.org.br
www1.folha.uol.com.br/folha/ambiente 
www1.folha.uol.com.br/folha/publifolha/ult10037u332314.shtml

 

Créditos:
Karin Cristina Lopes Lellis
Formação:
Professora do 2º ano do Ensino Fundamental I do Colégio Miguel de Cervantes em São Paulo.
Autor Nova Escola

COMPARTILHAR

Alguma dúvida? Clique aqui.