Aqui você pode pesquisar e adaptar planos já existentes

 


Classificação das cidades: espontânea e planejada

Publicado por 
novaescola
Objetivo(s) 

- Reconhecer os conceitos de classificação das cidades quanto à sua origem (espontâneas ou planejadas).
- Refletir sobre a construção da capital.
- Estudar o histórico dos problemas relativos à urbanização desde as primeiras cidades da Antiguidade até as contemporâneas.
- Estabelecer um paralelo entre o projeto inicial de Brasília e a realidade do crescimento dos grandes centros urbanos no Brasil.

Conteúdo(s) 
  • Construção de Brasília.
  • Desenvolvimento urbano.
  • Desafios da urbanização.

 

Ano(s) 
Tempo estimado 
Seis aulas.
Desenvolvimento 
1ª etapa 

Questione os alunos sobre o que marca as cidades espontâneas e as planejadas. Explique as características de cada uma, justificando o que for falado por eles.

2ª etapa 

Proponha a leitura do texto Cidades Brasileiras - Brasília, orientando a turma para atentar às características de uma cidade planejada. Em seguida, com o apoio do texto O Governo de Juscelino Kubitschek, mais a fotografia da escultura Os Candangos, solicite um levantamento sobre o desenvolvimento da capital nos últimos 50 anos.

3ª etapa 

Apresente uma aula sobre o processo de urbanização - das cidades da Antiguidade aos dias atuais -, enfocando quando e em que contexto surgiram os primeiros núcleos e as característícas e consequências do processo de urbanização. Como bibliografia, recorra ao texto O Espaço Urbano do Mundo Contemporâneo.

4ª etapa 

Oriente uma análise da charge e peça que, individualmente, os estudantes respondam as seguintes questões: que medidas devem ser tomadas para que problemas como os mostrados na charge não ocorram? Esse tipo de situação é comum nas cidades planejadas, espontâneas ou em ambas? Por quê?

5ª etapa 

Solicite que os alunos façam uma comparação entre a Brasília do passado e a atual, analisando imagens atuais e da década de 1960.

Avaliação 

Apresente as seguintes questões para os estudantes: Brasília cumpre o objetivo para o qual foi planejada? Por quê? Quais as permanências e mudanças detectadas? Qual a participação dos candangos na construção da capital? É importante que eles também consigam diferenciar características das cidades planejadas das que surgem espontaneamente, refletindo sobre as especificidades do processo de urbanização.

Créditos:
Ana Prince
Formação:
Professora da Universidade do Vale do Paraíba (Univap) e da EE Professora Maria Aparecida Veríssimo Madureira Ramos, em São José dos Campos, SP.
Autor Nova Escola

COMPARTILHAR

Alguma dúvida? Clique aqui.