Aqui você pode pesquisar e adaptar planos já existentes

 


Atividade de pintura, desenho, colagem e modelagem

Publicado por 
novaescola
Objetivo(s) 
  • Desenvolver a autonomia.
  • Promover o percurso criador em atividades de pintura, desenho, colagem, modelagem.
Ano(s) 
Creche
Material necessário 
  • argila
  • cola
  • giz de cera
  • papéis
  • potes de tinta
  • caixas de tamanhos variados
  • sucatas miúdas para acabamento (botões, barbantes, purpurina etc.)
Desenvolvimento 
1ª etapa 

Prepare dois ambientes com a seguinte organização: em um deles, disponha sobre uma mesa argila, papéis de tamanhos e espessuras variados. Apresente os materiais para as crianças e deixe que criem desenhos e esculturas, decidindo com o que querem trabalhar e de que maneira vão realizar suas produções. Fique próximo das crianças, orientando quando elas não conseguem utilizar algum dos materiais ou se ameaçam colocar algo na boca, por exemplo. Em outra mesa, disponibilize materiais de acabamento para o trabalho feito no momento anterior. Explique a função dessa etapa: com a colagem de pequenos objetos, como barbante ou purpurina, e pintura de detalhes com cores variadas, podem pensar na finalização das peças.

Avaliação 

Veja se as crianças ficam um tempo maior entretidas na atividade, planejam o que querem criar e escolhem quais materiais utilizar para conseguir o resultado desejado. Esteja atento às necessidades de todos - se estão satisfeitos com o que estão fazendo ou se precisam de auxílio.

Flexibilização 

Os alunos com deficiência motora de qualquer ordem devem ter garantido o acesso aos materiais e ser estimulados a produzir da melhor forma que conseguirem. A ajuda necessária, sempre que possível, deve partir dos colegas, seja para alcançar o pote de tinta, manusear materiais pequenos, ou movimentar pincel e lápis em suas produções. Mais importante que tudo isso, é garantir que todos se sintam autores das próprias obras, o que nem sempre acontece quando a ajuda é muita. Portanto, é fundamental que tanto o professor, quanto as crianças deixem que o aluno com deficiência física faça suas escolhas e, pouco a pouco, aprenda a pedir ajuda apenas para o necessário.

 

Deficiências 
Física
Créditos:
Priscila Monteiro
Formação:
Coordenadora do Programa Além dos Números, do Instituto Avisalá, em São Paulo, e selecionadora do Prêmio Victor Civita - Educador Nota 10
Créditos:
Maria da Paz Castro (Gunga)
Formação:
Orientadora de Práticas Inclusivas da Escola da Vila, São Paulo, SP
Autor Nova Escola

COMPARTILHAR

Alguma dúvida? Clique aqui.