Aqui você pode pesquisar e adaptar planos já existentes

 


Análise de regularidades do sistema de numeração decimal

Publicado por 
novaescola
Objetivo(s) 

- Dispor de um instrumento que permita aos estudantes ler e escrever números que ainda não aprenderam a escrever de memória;
- Construir na criança uma boa imagem mental da série numérica, de sua organização e de suas regularidades, para considerar que essa sequência de números se prolonga;
- Estabelecer relações de maior e menor entre os números, conforme o "vem antes" ou "vem depois" na série numérica. 

Conteúdo(s) 

- Quantidade de algarismos dos números
- Regularidades do sistema de numeração decimal
- Numeração escrita e numeração falada
- Série numérica

 

Ano(s) 
Tempo estimado 
3 aulas
Desenvolvimento 
1ª etapa 

Nas atividades com números de dois algarismos, peça que a turma resolva os seguintes exercícios:


1. Observe o números abaixo:

QUARENTA E UM: 41         SESSENTA E TRÊS: 63         CINQUENTA E OITO: 58 

Quantos algarismos cada número tem? _________

2. Escreva outros números que você conhece com dois algarismos:
 

               

 

3. Pinte todos os números de dois algarismos do quadro numérico abaixo:
 

  1 2 3 4 5 6 7 8 9
10 11 12 13 14 15 16 17 18 19
20 21 22 23 24 25 26 27 28 29
30 31 32 33 34 35 36 37 38 39
40 41 42 43 44 45 46 47 48 49
50 51 52 53 54 55 56 57 58 59
60 61 62 63 64 65 66 67 68 69
70 71 72 73 74 75 76 77 78 79
80 81 82 83 84 85 86 87 88 89
90 91 92 93 94 95 96 97 98 99
100 101 102 103 104 105 106 107 108 109
110 111 112 113 114 115 116 117 118 119

 

- Qual é o menor número de dois algarismos? _______
- Qual é o maior número de dois algarismos? __________
- Há quantos números de dois algarismos começados por:
 

1 2 3 4 5 6 7 8 9
                 

 

2ª etapa 

Prepare um quadro numérico que vá de 1 a 60, mas com alguns números colocados fora de ordem. Peça para que os alunos descubram quais são eles e pinte-os.

 

1 2 3   4 5 6 7 10
11     14 15          
  22       23        
31     36         89  
            42      
  32               60

 

Para finaliza esta etapa da atividade, organize uma discussão coletiva baseada nas seguintes perguntas:
- Qual é o menor número?
- Pinte no quadro (de vermelho) o dia de hoje.
- Quais números estão entre o 20 e o 30?
- Qual número vem depois do 45?
- Qual número vem antes de 29?

Assista à aplicação da 2ª aula no vídeo "Analisando regularidades no quadro numérico"

3ª etapa 

Neste momento, os alunos serão apresentados ao jogo "Detetive de números". Explique as regras: você vai escolher um número do quadro numérico e eles deverão fazer perguntas para descobrir o número escolhido. Esclareça que você só pode responder "sim" ou "não". Assim, eles devem fazer perguntas do tipo "o número é menor que 30?". Se notar que algumas crianças não estão participando ou não conseguem compreender muito bem como o jogo funciona, entregue quadros numéricos para elas usarem como referência.

Continue o jogo, escolhendo os alunos que farão perguntas e estimulando-os a tentar descobrir qual é o número misterioso que você escolheu.

Assista à aplicação da 3ª aula no vídeo "Detetive de números"

Avaliação 

Observe a participação de cada aluno. Registre os conhecimentos e as dificuldades que apresentaram no início da sequência didática e compare com o desempenho demonstrado no final da 3ª etapa.

Flexibilização 

Para alunos com deficiência auditiva (perda auditiva parcial)
Acomode a criança com perda auditiva nas primeiras carteiras da sala de aula, bem perto do professor, e sempre que alguém for falar com ela, diga para que fique de frente (permitindo, assim, que se faça a leitura orofacial). Quando o aluno contar, oriente-o a tocar cada um dos números com o dedo para que perceba a sequência e o avanço das quantidades. Promova contagens em que toda a turma tenha de marcar os números com a batida de um pé ou das mãos. Explique as etapas do trabalho ao estudante por meio de exemplos e com instruções individuais. Depois, faça as mesmas propostas lançadas ao grupo. Se considerar válido, proponha atividades em duplas e instrua a criança que fará parceria com ele quanto à participação de ambos. Você também deve deixar à disposição do aluno com deficiência auditiva um quadro numérico e estimular seu uso para consulta ou para confirmar hipóteses.

Deficiências 
Auditiva
Autor Nova Escola
Créditos:
Priscila Monteiro
Formação:
Selecionadora do Prêmio Victor Civita Educador Nota 10.

COMPARTILHAR

Alguma dúvida? Clique aqui.