Aqui você pode pesquisar e adaptar planos já existentes

 


A alimentação e o corpo humano

Publicado por 
novaescola
Objetivo(s) 

Compreender que o corpo funciona de forma integrada, relacionando os sistemas circulatório, respiratório e digestório.

Conteúdo(s) 
  • Transformação dos alimentos;
  • Transporte dos nutrientes e oxigênio pelo sistema circulatório;
  • Obtenção de energia utilizando oxigênio;
  • Relação entre os sistemas digestório, circulatório e respiratório.
Ano(s) 
Tempo estimado 
2 a 3 aulas
Material necessário 
  • Folhas de papel A4
  • Imagens do sistema digestório
Desenvolvimento 
1ª etapa 
Faça três pequenos cartões a serem distribuídos aos alunos, contendo: 

Cartão Sistema Circulatório: nome dos componentes desse sistema (vasos sanguíneos, sangue e coração), caminho percorrido pelo sangue e função desse sistema. 

Cartão Sistema Respiratório: nome dos órgãos, caminho percorrido pelo ar e função do pulmão. 

Cartão Sistema Digestório: nome dos órgãos do tubo digestório e das glândulas acessórias, caminho percorrido pelo alimento e função de alguns órgãos desse sistema. 

- Cada grupo de 3 alunos deverá ter um conjunto de cartão dos três sistemas.


Inicie o trabalho informando aos alunos que irão realizar, por alguns minutos, uma atividade física. Solicite que contem e anotem, em uma folha, o número de seus batimentos cardíacos antes do início do exercício; para essa atividade, cronometre 15 segundos. Alerte-os também, a prestar atenção em sua respiração, verificando se aumenta ou se se mantém constante durante e, ao final do exercício. Após o exercício, solicite aos alunos que contem e anotem novamente o número de batimentos cardíacos. Após anotarem, peça a eles que multipliquem os resultados obtidos por quatro, para obter a freqüência cardíaca por minuto.

A atividade física pode ser realizada no pátio da escola (corrida) ou mesmo dentro da sala de aula (polichinelo), por alguns minutos. Para aferir os batimentos cardíacos, oriente os alunos a colocar o dedo indicador e médio sobre a lateral do pescoço, um pouco abaixo da orelha, ou na parte interna do punho.

batimentos cardíacos pelo pescoço e punho
2ª etapa 

Após a realização da atividade, pergunte aos alunos por que eles acham que houve aumento nos batimentos cardíacos e na freqüência respiratória? É importante que relacionem o aumento com a maior necessidade de oxigênio e nutrientes para o corpo. Para isso, realize uma breve conversa com eles, questionando-os sobre uma das funções do sistema circulatório (transporte de nutrientes e oxigênio pelo corpo).

Informe aos alunos que todas as células do corpo precisam de nutrientes e oxigênio para obter a energia que utilizamos nas atividades do dia-a-dia como, brincar, correr, estudar, dançar, pular, falar.

Organize a sala em um círculo e pergunte aos alunos de onde vem essa energia que utilizamos nas atividades diárias?

É esperado que eles respondam que obtemos essa energia dos alimentos. Muitos escutam desde muito pequenos que precisam se alimentar para ficar "fortinho". Mas de que forma esse alimento é transformado na energia que utilizamos em cada uma dessas atividades do dia a dia?

Relembre com eles o caminho percorrido pelo alimento desde que é ingerido até a eliminação dos resíduos pelas fezes (boca, esôfago, estômago, intestino delgado e intestino grosso). Para isso, você pode utilizar uma imagem do sistema digestório. Questione-os sobre o que acontece com o alimento após ser ingerido e entrar no tubo digestório? Nesse momento, apresente duas situações para os alunos: a importância da mastigação para quebra dos alimentos em partículas menores e a importância da ação de enzimas para que haja outra quebra de forma a obter partículas menores do que as deglutidas.

Por que precisamos quebrar os alimentos em partículas menores? Pergunte aos alunos se engolíssemos um pedaço de maçã, se ele conseguiria penetrar na parede do intestino (órgão responsável pela maior parte da absorção de nutrientes pelo corpo). O que deve acontecer com o alimento para que ele consiga passar por essa parede? É esperado que os alunos saibam que quebrar os alimentos em pedaços menores permite que ele seja absorvido pelo intestino. Mas e depois de absorvido, o que acontece com o alimento? Essa pode ser sua próxima pergunta.

Todas as células do nosso corpo precisam receber nutriente para funcionar corretamente. De que forma esse nutriente chega a cada uma dos trilhões de células do nosso corpo?

As pequenas partículas formadas a partir da digestão (nutrientes) atravessam as paredes do intestino delgado e dos vasos sanguíneos e são transportados pelo sangue para todas as células do corpo humano.

Portanto, o sistema circulatório é quem carrega esse nutriente para cada célula do corpo. Pergunte a seus alunos se o oxigênio que também é transportado pelo sangue, também vai para as células. Todas as células precisam desse oxigênio, por isso, da mesma forma que os nutrientes atingem cada uma das células do nosso corpo, o oxigênio também.

Faça uma analogia com os alunos: informe a eles que as células precisam de combustível, assim como o carro, para produzir energia. O combustível das células são os nutrientes, obtidos através dos alimentos no aparelho digestório e, o dos carros comuns, gasolina ou álcool. Além disso, como acontece nos motores dos carros, é necessária também, a presença de oxigênio para haver a combustão, que libera a energia tanto para o carro andar, como para as nossas atividades diárias.

3ª etapa 

Divida a sala em trios. Peça que cada aluno leia um dos cartões e depois socialize com os colegas. Nesse momento, eles deverão ser informados de que escreverão um texto com informações sobre a integração desses três sistemas do corpo humano.

Avaliação 

Solicite aos alunos que redijam, individualmente, um pequeno texto com o seguinte título: os sistemas trabalhando em conjunto. Esse texto deve conter informações sobre os três sistemas trabalhados e a forma como cada um se relaciona com o outro (circulatório x digestório - digestório x respiratório - respiratório x circulatório). Dessa forma, você conseguirá avaliar o que cada aluno compreendeu sobre a relação entre esses três sistemas.

Flexibilização 
Amplie o tempo de realização de cada uma das etapas da sequência e respeite o tempo de aprendizagem do seu aluno. Os cartões, assim como as imagens e os modelos tridimensionais dos sistemas do corpo são bons recursos para aguçar a curiosidade e tornar o assunto mais palpável para a criança. A aproximação de temas aparentemente "abstratos" (o que está dentro do nosso corpo) a atividades facilmente realizáveis ajuda muito na aprendizagem. A medição dos batimentos cardíacos pode ser feita junto de um colega. No contraturno, conte sempre com a ajuda do responsável pelo Atendimento Educacional Especializado (AEE).
Deficiências 
Intelectual
Autor Nova Escola
Créditos:
Carolina Luvizoto
Formação:
Do Instituto Sangari, em São Paulo

COMPARTILHAR

Alguma dúvida? Clique aqui.