Aqui você pode pesquisar e adaptar planos já existentes

 


Água e saneamento básico

Publicado por 
novaescola
Objetivo(s) 

 

  • Identificar a água útil para consumo
  • Entender o sistema de distribuição residencial da água e a formação de esgoto.
  • Compreender que quase metade das cidades brasileiras não tem saneamento básico e qual o papel do esgoto para a saúde pública da população
Conteúdo(s) 

 

  • Água
  • Saneamento básico


 

Ano(s) 
Tempo estimado 
Duas aulas
Material necessário 
  • Tampinhas plásticas ou botões
  • Barbante
  • Cartolina
  • Cola para plástico
  • Solução de Sulfato de Alumínio
  • Solução de Hidróxido de Cálcio
  • Funil de vidro
  • Papel filtro
  • Béqueres
Desenvolvimento 
1ª etapa 

Introdução

A água potável é aquela que tem qualidade para ser consumida. Sempre é incolor (sem cor), inodora (não tem cheiro) e insípida (sem sabor). Ela chega nas torneiras tratada e é captada em fontes de água doce como a Bacia Amazônica, a maior do Brasil, alimentada pelo gigante Rio Amazonas.  Embora nosso país tenha grandes reservatórios de água doce, no planeta ela não existe em grandes quantidades. Apenas 3% de toda a água do planeta é potável.

O resultado de tudo o que é feito com a água, isto é, aquilo que vai para o ralo é o esgoto.  Toda vez que usamos a torneira ou tomamos banho, por exemplo, a água e outros materiais vão s para um conjunto de tubulações até as Estações de Tratamento. Lá, o esgoto é analisado e tratado de acordo com os seus componentes: dejetos humanos, restos de alimentos e micróbios.

Nas grandes cidades, as empresas de tratamento de água têm desempenhado um papel importante para a qualidade da água  oferecida à população. De acordo com o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), 90% da população brasileira tem acesso à água potável, índice semelhante ao de países desenvolvidos. Com os investimentos mais recentes, o objetivo é que até 2012 esta porcentagem aumente para 92% da população. 

Já o índice de saneamento básico é pior, 25% da população não tem acesso a este benefício ou tem com precariedade. Juntamente com a meta de distribuição de água potável, o relatório do PNUD estabelece que o saneamento básico deve ser garantido para 85,5% da população até 2015.

Situação ainda mais grave é a coleta e tratamento de esgoto: apenas 55,2% das cidades brasileiras têm coleta de esgoto e  só 1/3 fazem o tratamento do que é coletado. As pessoas que mais sofrem com essa situação vivem em  áreas rurais e regiões periféricas dos grandes centros urbanos, principalmente no norte e Nordeste. Esse é um entrave para o cumprimento das metas estabelecidas pela ONU.

Aproveite que no Ensino Fundamental 1 as crianças precisam ser despertas para uma atitude curiosa e questionadora e use experiências práticas para estimular o cuidado com a água que consomem em casa e na escola. Ainda não é o momento para respostas mais complexas, que serão entendidas nos anos seguintes. Mesmo assim, fique atento para que as dúvidas das crianças sejam respondidas da maneira correta.

No quarto e no quinto ano, as crianças ainda não têm uma noção exata de proporcionalidade. Quando dizemos em 100% elas podem até entender que isso corresponde à totalidade de alguma coisa. Mas quando os números são distantes de 0, de 50 ou de 100, elas apresentam dificuldade. Para que os alunos entendam que apenas 3% da água disponível na Terra é potável, faça um experimento prático.

Peça que tragam tampinhas plásticas ou botões de roupa. Divida a classe de tal maneira que você tenha 100 tampinhas ou botões. Se puder, fure as tampinhas.Uma vez de posse desse material, separe 97 tampinhas ou botões para simbolizar a água salgada da Terra. As outras 3 peças vão simbolizar a água doce . Nessa separação escolha 3 peças que sejam da mesma cor. Se não houver essa possibilidade providencie uma maneira de identificá-las (pintura ou fita adesiva colorida são os mais indicados, o importante é que estas três estejam diferentes das demais). Nesse momento é hora de discutir com os alunos como a água adequada para o consumo existe em pouca quantidade. Pergunte como consomem a água em casa e explique que, embora o Brasil tenha uma reserva grande de água potável, a escassez deste recurso é um problema que, provavelmente, enfrentaremos no futuro. O que eles fazem para economizar água? O que pode ser feito? Ouça as respostas e corrija alguma informação, explicando alternativas à turma.

Se as tampinhas estiverem furadas você poderá colocá-las em um barbante e formar um varal. Lembre-se de separar as 3 tampinhas das demais 97. Se não houver possibilidade de furar as tampinhas, elas poderão ser coladas em uma folha de cartolina. Como os botões já são furados, é mais fácil utilizar o barbante.
 

2ª etapa 

Essa aula é importante para os alunos se conscientizarem do trabalho que é feito nas estações de tratamento de água. Misture um pouco de água com terra de jardim ou combine com o pessoal da limpeza do colégio não jogar a água suja fora por um dia - mas tenha certeza que a água estará bem suja!

Divida a sala em pequenos grupos de trabalho e separe um pouco dessa água suja para os grupos, em torno de 100 mL. Pingue 10 gotas de solução de Sulfato de Alumínio e espere alguns segundos. Logo depois pingue 10 gotas de Hidróxido de Cálcio e espere o resultado. As partículas de sujeira vão se aglutinar e, como serão mais pesadas que a água, irão decantar no fundo do recipiente.

Prepare em um recipiente uma filtração com um funil e um papel filtro. Peça aos alunos que despejem a água do recipiente tomando cuidado para não virar junto com a sujeira que se decantou no fundo. Recolha essa água filtrada em outro recipiente e compare as cores. Ao longo da atividade  tire fotos do trabalho dos alunos e dos resultados obtidos. Com essas fotos monte um mural  e peça que os alunos identifiquem as etapas e expliquem o que está acontecendo em cada uma delas.

Durante o experimento, faça relações com o funcionamento do sistema de tratamento do esgoto. Explique que a água que consumimos é encaminhada até estações onde serão tratadas. Mostre como a sujeira se acumula no fundo do recipiente e diga como é importante que os dejetos que ficam na água que consumimos sejam tratados, em vez de ficarem expostos ou serem jogados nos rios. Diga que este tipo de atitude prejudica o meio ambiente e também a nossa saúde.

 

Avaliação 

Observe se os alunos compreenderam que há pouca água potável no mundo. Conversando com a turma e pedindo alternativas para diminuição, perceba se entenderam como a preservação deste recurso é importante. Veja também se a experiência com a água suja fez com que entendessem que depois que utilizamos a água ela contém dejetos que não podem ficar expostos e por isso seu tratamento é tão importante.

Autor Nova Escola

COMPARTILHAR

Alguma dúvida? Clique aqui.