Aqui você pode pesquisar e adaptar planos já existentes

 


Adaptações corporais dos seres vivos

Publicado por 
novaescola
Objetivo(s) 

- Compreender as características corporais dos seres vivos e as relações que eles estabelecem com o ambiente e com o homem.
- Compreender a interdependência existente entre os seres vivos.

Ano(s) 
Tempo estimado 
Sete aulas.
Material necessário 

DVD Procurando Nemo (Disney Pixar) e aparelho de DVD.

Desenvolvimento 
1ª etapa 

O trabalho desta sequência com alunos com deficiência intelectual tem mais dois objetivos: identificar e nomear os seres vivos, perceber que eles vivem em determinados ambientes e se relacionam entre si. Acrescente ao material necessário livros ilustrados sobre seres vivos e ambientes naturais. Na 1ª etapa, durante a discussão proposta, deixe que o aluno folheie um livro ilustrado sobre o fundo do mar e peça que nomeie alguns animais. Oriente-o a fazer uma lista dos seres que aparecem na animação, destacando os principais, e registrar suas características. Se a criança ainda não estiver alfabetizada, solicite o registro por meio de desenho.

Na quarta etapa, como atividade complementar, peça que o aluno traga de casa uma lista de desenhos animados cujos personagens são animais e utilize-os como ponto de partida para a atividade.

Na avaliação, peça que o aluno com deficiência escreva uma lista de animais conforme o ambiente citado: Por exemplo: fundo do mar - peixe, e assim por diante. Outra possibilidade é pedir que ele cole ou desenhe os animais sobre cenários que representem o hábitat de cada um (mar, floresta, deserto etc.)

Comece perguntando aos alunos: "Vocês conhecem algum ser vivo que apresente alguma estrutura ou modificação corpórea que o auxilie a sobreviver em seu hábitat?". Incentive-os a expor suas ideias para a turma toda. Caso tenham dificuldade, você pode ajudá-los dando alguns exemplos - como as brânquias presentes nos peixes, uma estrutura que possibilita a esses animais respirar dentro d¿água (sem elas, os peixes não conseguiriam respirar e morreriam). Discuta com os estudantes mais alguns casos referentes a animais aquáticos (as membranas entre os dedos de certos anfíbios, por exemplo, ajudam esses bichos a se locomover na água). Em seguida, solicite que escrevam no caderno um pequeno roteiro que vai orientá-los durante a exibição do filme Procurando Nemo. Esse roteiro será um conjunto de questões que deverão ser respondidas ao final da exibição. As perguntas são as seguintes: 1) Cite um animal que aparece na animação e diga qual é a adaptação que ele apresenta para o meio em que vive; 2) Cite um animal que apresenta uma adaptação para defesa contra predadores; 3) Cite um animal presente no filme que tenha importância para o homem (alimentar, econômica ou ambiental); 4) Cite uma interdependência mostrada.

2ª etapa 

Leve os alunos à sala de vídeo para que assistam ao filme Procurando Nemo. Oriente-os a ver a animação com foco nas questões do roteiro, registrando suas observações durante a exibição.

 
3ª etapa 

Organize os alunos em círculo para a discussão do filme, com base no roteiro elaborado. Aborde as relações que eles tenham identificado entre animais e suas adaptações (sejam elas para defesa, reprodução, alimentação ou movimentação). Discuta também a importância desses animais para o homem. Oriente o debate de forma a que os estudantes troquem ideias entre si. Enquanto eles debatem, você pode ir organizando as opiniões e hipóteses deles no quadro.

4ª etapa 

Realize uma aula expositiva sobre relações ecológicas, chamando a atenção dos alunos para alguns exemplos que aparecem no filme - como a relação entre o peixe-palhaço e a anêmona-domar. A anêmona proporciona abrigo e proteção ao peixe. Em troca, ele mantém os tentáculos da anêmona sempre aerados e ainda deixa escapar restos de alimento que são consumidos pela anêmona. Aborde outros tipos de relações ecológicos, como: 1) A interdependência entre micro microorganismos que vivem no sistema digestivo dos ruminantes em geral (os micro-organismos degradam as moléculas de celulose para que os ruminantes possam absorvê-las); 2) A relação entre carrapatos e capivaras (os carrapatos se alimentam do sangue das capivaras); 3) A relação entre microalgas marinhas e o homem (que usa o oxigênio produzido pelas microalgas para respirar e sobreviver). Antes de encerrar esta etapa, você deve fazer um levantamento sobre relações ecológicas harmônicas e desarmônicas, relacionando-as ao filme visto nesta sequência didática e a outros desenhos com animais como protagonistas conhecidos pela turma.

Avaliação 

Para avaliar o conteúdo aprendido pelos alunos, solicite que cada um elabore um pequeno texto de no máximo 30 linhas. Nesse texto, o aluno deve selecionar um animal terrestre, o ambiente em que vive, do que se alimenta, que adaptações no corpo esse animal tem que o ajudam a se locomover, se defender, se alimentar e a sobreviver, além da sua importância para o meio em que vive e para o homem. Como sugestão, você pode selecionar alguns textos (os mais abrangentes) e pedir aos seus autores para apresentarem para toda a classe, proporcionando, assim, uma socialização dos conhecimentos discutidos.

Deficiências 
Intelectual
Créditos:
Thiago Tassinari Lopes
Formação:
Professor de Ciências pesquisador da Sangari Brasil, em São Paulo.
Créditos:
Alline Soler
Formação:
Professora de Biologia e Ciências.
Autor Nova Escola

COMPARTILHAR

Alguma dúvida? Clique aqui.